Notice: Undefined index: HTTP_REFERER in /htdocs/home/adbelem/www/plugins/system/xcalendar.php on line 211
DEJOBE

          


Notice: Undefined index: view in /htdocs/home/adbelem/www/components/com_content/views/article/view.html.php on line 156

Notice: Undefined index: view in /htdocs/home/adbelem/www/components/com_content/views/article/view.html.php on line 158

DEJOBE

APRESENTAÇÃO DA INSTITUIÇÃO

            O DESAFIO JOVEM DE BELÉM – DEJOBE É UMA COMUNIDADE TERAPÊUTICA, sem fins lucrativos, fundada em 16 de outubro de 1986 pela Igreja Assembleia de Deus em Belém, com a finalidade básica de tratar as pessoas portadoras da síndrome de dependência química (drogas lícitas e ilícitas), em regime ambulatorial (aberto ou domiciliar) ou em regime de internação voluntária.

            O DEJOBE ao longo deste período já possibilitou a transformação  de milhares de pessoas, ressocializando-as, permitindo desta forma o retorno da felicidade familiar, uma vez que o adicto, na sua drogadição, desajusta e infelicita sua própria vida, a de sua família e, em muitos casos, aflige a sociedade com a prática de ilícitos e até crimes hediondos, causando prejuízos enormes na área emocional, comportamental, funcional, moral e financeira; para si, para sua família, para sociedade e para o Estado.

            PREVENÇÃO – O DEJOBE está aberto para atender as comunidades, escolas, empresas e instituições que tenham interesse em receber palestras de caráter preventivo ao uso das drogas, de forma gratuita e adequada ao público alvo, a saber: crianças, adolescentes, jovens, adultos de ambos os sexos, trabalhadores e executivos.

            TRATAMENTO ATRAVÉS DE INTERNAÇÃO – Este trabalho é desenvolvido em sua sede, sito à Rodovia do Tapanã, 571, bairro do Tapanã, utilizando uma área de 10.000m2, onde uma equipe de coordenação técnica e multidisciplinar desenvolve o programa de recuperação, libertação das drogas, reconstrução dos valores éticos, morais, culturais, sociais e espirituais, trabalhando a elevação da auto-estima, mantendo a interação sócio familiar, trabalhando também a família desgastada pelo período de drogadição.  Através das atividades pedagógicas, terapias ocupacionais e cursos profissionalizantes, trabalha para a capacitação,  para sua inserção no mercado de trabalho e, por fim, promover a ressocialização com possibilidade de auto-sustentação.

            PARCERIA INSTITUCIONAL – É uma das metas de captação de recursos; propor convênios que viabilizem a implementação das ações de libertação, restauração e salvação do nosso público alvo.

            Este ano encaminhamos propostas à ASSEMBLEIA LEGISLATIVA, a ASIPAG, ao BANCO DO BRASIL, ao CEFET e à FUNPAPA.

            SUBVENÇÃO – A comunidade terapêutica é mantida com o apoio da Igreja Assembleia de Deus em Belém e está aberta a participação de pessoas físicas e jurídicas sensíveis à causa; bem como, com a realização de possíveis convênios que possam ser firmados com instituições governamentais ou não governamentais, e com a contribuição social das famílias beneficiadas com o tratamento prestado pelo DEJOBE (vários atendimentos são feitos gratuitamente) lembrando que a grande maioria que busca ajuda, já não dispõe de recursos financeiros, pois as drogas são devastadoras em todos os sentidos.

DEJOBE – SUA FUNÇÃO É DESENVOLVER O MINISTÉRIO DE VALORIZAÇÃO À VIDA ATRAVÉS DA EFICÁCIA DA PALAVRA DE DEUS, QUE PROMOVE O DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL DO SER HUMANO E DOS MEIOS PEDAGÓGICOS, TERAPÊUTICOS, PROFISSIONALIZANTES E INTERVENÇÕES SOCIAIS QUE POSSAM CONTRIBUIR PARA ALCANÇAR A ABSTINÊNCIA DAS DROGAS, PROFISSIONALIZAR (SE FOR O CASO) E POR FIM IMPLEMENTAR A RESSOCIALIZAÇÃO COM UMA CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL QUE LHE POSSIBILITE A AUTO–SUSTENTAÇÃO.

   DEJOBE, UMA AÇÃO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA ASSEMBLEIA DE DEUS EM BELÉM.

Comentários  

 
0 #4 Rosinete Oliveira 12-11-2013 19:02
Boa tarde, eu achei o DEJOBE na internet, pois estou muito aflita com meu filho, ele tem 23 anos de idade, e esta bebendo muito, assim como usando drogas, muitas das vezes eu não durmo a noite enquanto ele não chega, tem noite que chega até bem, mais tem noite que ele chega muito bebado e drogado, ja não sei mais o que fazer, eu vejo nos olhares de meus familiares de que que eu sou culpada disso, pois o filho e meu, e eu moro com minha mãe, e claro ela não tem que passar por isso. Eu ja internei ele uma vez em um centro de recuperação que fica na estrada de Vigia e São Caetano de Odivellas, ele passou mais ou menos nove meses, saiu de lá bem, mais recaiu, a clinica fechou. Gostaria de saber se posso fazer uma visita para conversar, ja não sei mais o que fazer, tenho medo de sair de casa principalmente a noite e deixa-lo com minha mãe e irmã dele.
Obrigada.
Citar
 
 
+1 #3 marciamariacastro 11-09-2012 15:36
Estamos levando a frente a lei ordinária nº 7927/98 que instituiu o Sistema Municipal de Prevenção, fiscalização e repressão ao uso de entorpecentes e substância análogas,a qual cria o Conselho Municipal de Entorpecentes - COMEN, para tanto necessitamos de cadastro de entidades terapêuticas que já venham trabalhando nessa área.
Portanto pergunto: A DESOJE Tapanã gostaria de integrar ao Conselho Municipal???
Caso sim, por favor encaminhe para o Palácio ANTONIO LEMOS, sala do GGI-M, cópia da documentação e do CNPJ com respectivo contatos.
Agradecida desde já.
Citar
 
 
0 #2 socorro aood 10-09-2012 15:25 Citar
 
 
0 #1 odete Martins 10-04-2011 23:25
Amados...que trabalho maravilhoso!
Sou evangélica da Assembléia de Deus e frequento a Igreja Mãe. Meu filho está bebendo aos extremos e até já foi agressivo devido isso.Já usou drogas, mas diz que hoje não usa mais.Mas, será?Gostaria muito da ajuda de algum tratamento...E encontrei o Dejobe;Como funciona?O que tenho que fazer?Poxa, pelo amor de Deus, me ajudem!Deus os abençoe!A Paz do Senhor!
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Mapa Centro de Convenções

Aplicativo do Adbelem

URL em App Store